sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Ato contra o aumento da tarifa em São Paulo

Ato contra o aumento da tarifa em São Paulo
Enquanto os manifestantes protestavam por uma reivindicação coletiva, as polícias do Governador e do Prefeito estavam distribuindo balas de borracha e gás lacrimogêneo, viva a Democracia dos Poderosos, ao povo os cassetetes dos cachorros do Estado!

Fotos retiradas do CMI.

4 comentários:

Laerçon Blues Man disse...

Tudo isso é uma lástima!
Eu tambem sou vitima das passagens de onibus!

Provos Brasil disse...

Grande Laerçon,
meu amigo muitos e eu me incluo utilizam os ônibus diariamente, e esse prefeito pouco se importa com o povão, e neste mar de caos o problema não é só o aumento da passagem e sim a qualidade do transporte que utilizamos a um preço absurdo com um serviço de última categoria. Pagamos muito caro por um serviço podre e porco, esses dias utilizei o tal Expresso Leste (fura-fila) no próprio ônibus tinha goteiras, ou seja, dentro do ônibus você já se molhava, isso é um horror, e quando a população parte para o protesto "eles" mandam os cachorros do estado para reprimir, como esses governos de São Paulo são democráticos!

Neto disse...

É ridiculo cobrar uma taxa dessas, agora a partir do momento em que voces começam a agredir homens que estão trabalhando, lutando e morrendo, por pessoas que eles nem conhecem (pessoas como voce). Entao pra mim voce perdeu a razão e jogou seu comentário no lixo. Todos sabemos que a PM tem como missÃo constitucional a preservação da ordem, e todos sabemos tambem que as manifestação tem muita gente que só está la pra fazer volume e desordem. Voce colocar uma foto da PM atirando as "balas de borracha" e chama-los de cachorros do estado só mostra o quão político e parcial é este blog. E não é a primeira vez, voces fazem isso com certa frequencia... infelismente!

Provos Brasil disse...

Obrigado pela visita Neto,
Respeito o seu ponto de vista, mas discordo. Essa sua visão “romântica” da polícia acho eu por experiência própria que ela não existe. Já conheci alguns policiais e nenhum deles tinha essa visão de “proteção da população” acho que você esta sendo influenciado pelos filmes da TV. Se não me falha a memória, a minha primeira manifestação foi em 1995 e lá tinha um monte de pessoas que nada tinham em comum com o protesto, só estavam lá para agitar tipo os “Black Block”, nem sei se você sabe o que é isso mas... mas enfim, os protestos são legítimos e a polícia estará lá sempre para manter “capital privado em ordem” já que eles nunca estiveram à serviço da população e sim do Estado. Da próxima vez que visitar o blog, por favor dê uma lida no “aviso” que esta abaixo do título do mesmo, quem sabe algumas de suas dúvidas quanto a nossa posição seja esclarecida.

Provos Brasil