quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Mais de 300 vítimas em 2010: Rinocerontes continuam sendo assassinados na África do Sul - por Giovanna Chinellato

Mais de 300 vítimas em 2010: Rinocerontes continuam sendo assassinados na África do Sul - por Giovanna ChinellatoEste rinocerente sobreviveu por 35 horas após ser baleado duas vezes e ter o chifre serrado enquanto estava consciente.

Desde o começo do ano, cinco rinocerontes foram cruelmente mortos na África do Sul pelos seus chifres. A perspectiva é de que a situação continue a piorar, já que apenas no ano passado 333 foram mortos só na África do Sul, incluindo 10 rinocerontes negros, quase o triplo dos 122 mortos em 2009.

No final do século 19, existiam apenas 200 rinocerontes brancos no planeta. Esforços de conservação elevaram o número para 20 mil, mas a crença asiática de que seus chifres podem curar o câncer, e o grande mercado por trás dela – principalmente no Vietnan, fazem com que cada vez mais animais sejam mortos.

As informações são da PETA.
Fonte: http://www.anda.jor.br

4 comentários:

Anônimo disse...

Isso é obra de homens cruéis. Ver um animal nesta situação me da mal estar, e nojo da raça humana que nesta ânsia só produz a morte e sofrimentos de animas indefesos.
Essas crenças estúpidas só produzem mais atraso a esse povo ignóbil.

LUCIENE RROQUES disse...

O mundo das drogas é um horror com toda certeza; mas infelismente assim como no caso do rinoceronte as pessoas estão sendo mortas em uma triste emboscada chamada. Drogas.
Um abraço.

Laerçon Blues Man disse...

São fatos como esse que faz com que meus conceitos a respeito da espécie humana, (a qual eu faço parte)fiquem cada vez pior. Eu sei que um dia a raça humana vai evoluir moralmente, mas isso está longe demais!

Provos Brasil disse...

Valeu pelas visitas!

Essa foto é um soco na boca do estomago da hipocrisia humana, o homem não evolui em relação ao seu meio, pensam só no avanço tecnológico no poder através do capital e enquanto isso essas culturas bárbaras permanecem. Isso da nojo mesmo! Muito nojo dos homens que habitam esse planeta!

Provos Brasil