segunda-feira, 18 de junho de 2012

CUBATÃO+20: Rio Casqueiro, em Cubatão, continua vítima de descaso ambiental - por Moésio Rebouças

Rio Casqueiro, em Cubatão, continua vítima de descaso ambiental
Quase três meses depois de divulgar imagens de um rastro quilométrico de sujeira acumulada às margens do Rio Casqueiro, na avenida Beira Mar, retornei hoje (17 de junho) ao local para verificar se houve alguma melhora.

Nada, o panorama é o mesmo. Total descaso ambiental e omissão da Prefeitura de Cubatão, que paga cerca de 24 milhões ano para a Terracom realizar serviços de “Preservação e Conservação Ambiental” (leia-se limpeza urbana) na cidade e não “aperta” dita empreiteira para regularmente limpar aquela área, se fizesse isso certamente não teríamos tanto lixo urbano acumulado ali.

Por outro lado...
Imaginar que a prefeita de Cubatão, Marcia Rosa (PT), e Secretário Municipal de Meio Ambiente, Daniel Ravanelli Losada, moram ali do lado, a poucos metros da lixarada. Será que ambos não se incomodam com aquela triste imagem? Aliás, conversando com alguns populares que moram naquela redondeza, senti que eles se acostumaram com aquele visual sinistro; um até disse que o “lixo já faz parte da paisagem do Rio Casqueiro”.

Duro de engolir...
E acreditar na propaganda oficial da Prefeitura de Cubatão na Rio+20, cujo um dos slogans é “Cubatão+20.

Exemplo para o mundo. Orgulho para todos nós”.

Exemplo? Orgulho?

Moésio Rebouças

Nenhum comentário: